Conheça o criador do melhor sushi do mundo em “O Sushi dos Sonhos de Jiro”

Documentário disponível no Prime Video mostra a busca do lendário chef Jiro Ono, dono de um conceituado restaurante em Tóquio, no Japão, pelo sushi perfeito

“Eu criava sushis nos meus sonhos e acordava pensando neles em plena madrugada”. A fala de Jiro Ono, renomado chef japonês, hoje com 96 anos, resume bem a sua busca incessante pela receita perfeita de sushi. Dono do icônico restaurante Sukiyabashi Jiro, inaugurado por ele em 1965 em Ginza, Tóquio, ele é o personagem tema do documentário O sushi dos sonhos de Jiro (2011), de David Gelb, disponível no Prime Video.

Cartaz do filme "O sushi dos sonhos de Jiro", trazendo a imagem de Jiro e quatro cozinheiros de sua equipe lado a lado. Jiro está no centro, em primeiro plano.

O sushi dos sonhos de Jiro: um documentário imperdível sobre a busca pela perfeição

Dedicação e disciplina

Jiro saiu de casa aos 9 anos de idade, para buscar trabalhos em restaurantes na província de Shizuoka, onde nasceu. Com o passar dos anos, e uma devoção à profissão que o impediu até mesmo de acompanhar de perto o crescimento de seus filhos, Yoshikazu e Takashi, o chef japonês foi desenvolvendo novas técnicas de preparo do sushi, em um trabalho extremamente minucioso e artesanal. Não à toa, ele se autointitula um shokunin, palavra que pode, de forma simplória, ser traduzida como “artesão”, mas que carrega consigo também uma conotação de atitude e consciência social.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para o crítico gastronômico Masuhiro Yamamoto, que nos ajuda a entender a genialidade de Jiro ao longo das 1h21m de documentário, a experiência de comer um sushi em seu restaurante é como assistir a um maestro regendo uma orquestra. “O grande chef tem cinco características que o distinguem: levar seu trabalho extremamente a sério, buscando consistência em nível elevado; aspirar ao aprimoramento de seus métodos; limpeza; impaciência, não sendo propenso a sugestões; e a paixão, que une todas elas. E Jiro tem todas essas características”, afirma.

A polêmica das estrelas Michelin

Imagem de Jiro Ono de perfil olhando para cima

Jiro Ono é o chef mais velho no mundo a ganhar as sonhadas três estrelas da Michelin

Desde que a Michelin publicou o seu primeiro guia para jantares em Tóquio, em 2007, o Sukiyabashi Jiro vinha sendo anualmente condecorado com três estrelas, honraria máxima concedida pelo guia. Segundo Yamamoto, essa condecoração só é atribuída a restaurantes que apresentem qualidade, originalidade e consistência. “Três estrelas indicam que vale à pena uma visita àquele país só para comer naquele restaurante”, explica.

Entretanto, em 2019, oito anos após o filme ser lançado, o restaurante deixou de figurar na badalada relação, visto que não abre mais reservas ao público em geral. Ainda assim, Jiro continua figurando no Guinness Book com o recorde de chef mais velho no mundo a ganhar as sonhadas três estrelas.

Sushi gourmet: refeição a partir de R$1500

No documentário, podemos acompanhar o dia a dia do restaurante, que curiosamente conta com apenas 10 lugares, dispostos lado a lado em um balcão à frente do chef. Todos os sushis são preparados na hora. Cada refeição conta com cerca de 20 sushis e irá custar a partir de 30 mil ienes (cerca de R$ 1.500, na cotação atual).

À época das filmagens, as reservas eram feitas com pelo menos um mês de antecedência. Tempo suficiente para ele preparar o atum perfeito, o que exige cuidados que levam cerca de dez dias, bem como massagear por até 50 minutos cada polvo que irá servir a seus clientes, para amaciar a sua carne e realçar seu sabor, e realizar outros pequenos truques que só um shokunin com quase 90 anos de experiência pode dominar.

“Vou continuar melhorando até chegar ao topo, mas ninguém sabe ao certo onde é o topo. Mesmo com a minha idade, depois de décadas de trabalho, não acho que tenha chegado próximo da perfeição, mas sinto-me extasiado todos os dias. Eu amo fazer sushi. Este é o espírito dos shokunin”.

Imagem de um sushi de atum sobre uma bancada

A refeição mais barata no restaurante de Jiro custa em torno de R$1500

Muito mais conteúdos pra você!

Cinema e gastronomia é uma combinação maravilhosa, não é mesmo? No Prime Video, você pode se deliciar com esse fantástico documentário e muitos outros conteúdos com temática culinária. Além disso, você terá acesso a um catálogo de mais de 300 séries e mais de 2 mil filmes de todos os gêneros que você imaginar. Os usuários novos ainda ganham 30 dias grátis para experimentar a plataforma. Faça já sua assinatura e comece a assistir a nossa dica de hoje e muito mais!

Recomendadas
Pela Web