MasterChef Brasil 2019: prova em equipe e 3 sobremesas incríveis

Ontem rolou mais um episódio de MasterChef Brasil 2019: com brigas e pratos complicados, os cozinheiros amadores se enfrentaram em 2 provas complicadas.

Rolou na noite de ontem do último domingo, dia 28 de abril, mais um episódio dessa temporada de Masterchef Brasil 2019. Nele os cozinheiros amadores enfrentaram 2 provas antes da eliminação de mais um participante. A primeira foi em grupo, enquanto a segunda foi dividida em 3 etapas. Quer saber mais sobre o que rolou? Confira tudo no Blog do TudoGostoso:

MasterChef Brasil 2019

MasterChef Brasil 2019: confira o que rolou

O último episódio de MasterChef Brasil 2019 contou com muita provocação e briga entre os cozinheiros. O programa começou com uma prova em equipes, que foi realizada em homenagem aos 106 anos da Orquestra Sinfônica de São Paulo. Por isso, os competidores tinham que preparar pratos para os 3 jurados e mais 80 pessoas, entre eles músicos e amantes da música. Por ter vencido a última prova, Eduardo R. foi escolhido para separar os times e ser capitão de uma das equipes. Ele deveria escolher com quem não queria trabalhar na equipe vermelha. Depois de muitas indiretas e conflitos, os times se formaram com Enrique R. de um lado e Lorena de outro, no time azul. O tema do cardápio deveria ser um menu degustação de finger food (comida em pequenas porções) com inspiração em comida de rua brasileira.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Depois de 2 horas de prova, as equipes serviram uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Os votos foram contabilizados e o time azul ganhou com 58 votos a 22. Assim, de volta à cozinha principal, os participantes ficaram na frente dos chef e receberam as instruções para a próxima prova. Lorena deveria, antes de mais nada, decidir se ela participaria da prova de eliminação ou indicaria 2 pessoas da sua equipe. A piauense resolveu escolher André e Eduardo M. para participar da disputa. O resto do time azul subiu ao mezanino e esperou a prova começar. Já o time vermelho, liderado por Eduardo R., teve a missão de escolher 2 pessoas para acompanhar a equipe vermelha no mezanino. Eduardo R. decidiu se escolher e levar com ele o jovem cozinheiro Helton, por motivos de afinidade.

Prova de eliminação

Com os nervos à flor da pele, os competidores ouviram atentos as instruções e os tipos de pratos que deveriam fazer para a prova de eliminação. A disputa se dividiria em 3 etapas, com 1 prato diferente em cada uma. A primeira e a segunda salvariam alguns cozinheiros e a terceira seria um duelo, apenas com 2 competidores. E o ingrediente principal dessas 3 provas foi a farinha de trigo. Assim, os participantes deveriam replicar 3 receitas: empanadas, petit gateau e suflê de goiabada.

Na primeira receita, Rodrigo foi o melhor e subiu ao mezanino com Natalia, Juliana e Eduardo M. Já a segunda prova coroou André como o melhor, fazendo um petit gateau maravilhoso. Ele recebeu muitos elogios dos chefs e subiu para o mezanino com Haila. E no último duelo, Marcus e Renan se enfrentaram preparando o suflê de goiaba, receita do chef Fogaça. Os dois se saíram muito bem pelo pouco tempo que tinham. Mas os chefs decidiram eliminar Marcus, por conta de alguns detalhes de preparação.

Próximo programa

E o próximo programa promete muito mais embates e conflitos entre os competidores. E a primeira prova vai contar com uma caixa misteriosa inédita no programa. Os cozinheiros vão ter que escolher os ingredientes para os seus concorrentes de prova. Já a prova de eliminação vai testá-los com um prato maravilhoso: o poke! E ainda vai rolar uma aula especial de Ravi Leite, ex-competidor de MasterChef profissionais.

Recomendadas
Pela Web