Dieta: saiba o que é melhor cortar a gordura ou o carboidrato

Vale a pena cortar nutrientes para o sucesso da dieta? Descubra se é melhor cortar a gordura ou carboidrato!

o risoto é um tipo de carboidrato

O risoto é um delicioso prato de carboidrato e que tem muitas calorias!

Quando estamos fazendo dieta, geralmente precisamos cortar alguns alimentos. Atualmente, para perder os quilinhos indesejados rapidamente, muitos recorrem à alternativa de cortar os carboidratos ou as gorduras de vez da rotina alimentar. Mas eis a grande pergunta: Qual seria a melhor alternativa? Abandonar a gordura ou o carboidrato? Reduzir o consumo de carboidrato através de dietas é eficaz para o emagrecimento, mas será que é um método ideal a longo prazo?

Para emagrecer saiba como cortar os nutrientes

Na hora de começar a dieta, caímos na tentação de eliminar totalmente um nutriente da nossa alimentação a fim de acelerar o processo. A realidade é a seguinte: a curto prazo, a balança pode até diminuir o ponteiro. Mas, a longo prazo, a eliminação total pode fazer você perder nutrientes e até ter o efeito inverso. Por isso, invista em uma dieta equilibrada, sem deixar de consumir gorduras boascarboidratos “do bem” (os integrais e provenientes de raízes e frutas).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)
a castanha é um alimento com gordura

A castanha do pará é um alimento com uma alta taxa de gordura.

Saiba como cortar corretamente o consumo de nutrientes

Na hora de cortar a gordura da dieta, retire a saturada e a trans, pois elas aumentam o colesterol e fazem mal à saúde. Se você fizer isso, alcançará um resultado fantástico, porque você perderá rapidamente a gordura corporal, mas não deixe de consumir as gorduras insaturadas que são ideais para uma alimentação adequada.

No caso do carboidrato, elimine os ricos em açúcar, que podem ser encontrados no pão, por exemplo. Invista em alimentos que sejam ricos em fibras, como as frutas, pois elas ajudam controlar o nível de açúcar no sangue.

Equilíbrio e dietas personalizadas dão a palavra final

A substituição de carboidratos e aumento drástico no consumo de proteínas pode levar a números altos de colesterol ruim e gorduras no sangue. Consulte sempre um profissional de nutrição para que ele possa avaliar seu caso e elaborar uma dieta personalizada de acordo com seu histórico familiar, preferências e, claro, objetivo final.

Recomendadas
Pela Web