Comida crua: tudo sobre a “alimentação fria”

Crudivorismo, já ouviu falar? Fácil, prática e saborosa, vem conferir como a “alimentação fria” só tem bons motivos para entrar no cardápio do seu dia a dia!

Convenhamos: quando o assunto é “comida crua”, tem aqueles que curtem muito e os que não curtem de jeito nenhum. E, se você é desse último time, viemos aqui para te dar motivos para olhar esse estilo de comida com outros olhos, mostrando que elas podem ser práticas, mas melhor ainda, benéficas para o seu organismo.

shutterstock_383310013

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Isso porque comida crua não se resume apenas ao nosso querido rodízio de comida japonesa: a alimentação fria envolve frutas, verduras, legumes e sementes. Conhecido como “crudivorismo”, a ingestão de comida crua ajuda a melhorar o funcionamento da memória, auxilia no bom funcionamento do intestino – devido à grande quantidade de fibras presentes -, é um grande aliado no combate às dores de cabeça e alergia, aumenta a imunidade, além de te deixar mais disposto, produtivo e criativo. Além disso, esse estilo de alimentação ainda colabora para o emagrecimento devido ao seu baixo teor calórico, exigindo menos do seu corpo no momento da digestão e te livrando daquela sensação de mal-estar pós-refeição.

Com tantos benefícios, percebe-se o quanto a alimentação crua é rica em nutrientes, vitaminas e minerais. É bom esclarecer que algumas dessas propriedades são perdidas quando submetidas a altas temperaturas, reduzindo, por sua vez, o valor nutricional que o alimento tinha quando cru. Mas não se preocupe: se quiser, pode cozinhar a vapor ou, melhor ainda, dar uma esquentadinha (recomenda-se não ultrapassar 47ºC). E você também pode preparar a comida fria de diversas formas, seja em processador, liquidificador, ou até mesmo desidratador.

Porém, não vá se enganando que é só comprar e ir comendo não! A higienização dos alimentos é de extrema importância, pois, dessa forma, reduz os riscos de contaminação por possíveis tóxicos ou larvas presentes nesses alimentos naturais. Vale lembrar que, ao ingerir comida fria, é sempre bom dar preferência aos alimentos orgânicos. Produtos industrializados possuem adição de agrotóxicos que podem diminuir a sua carga nutritiva.

Dessa forma, passe a incluir a comida fria no seu dia a dia! Mesmo sendo tão recheado de benefícios, o crudivorismo é um estilo de alimentação complementar, já que ele, por si só, não possui todas as propriedades essenciais ao nosso organismo. Além de saudável, a comida fria também garante um belo prato, deixando a sua mesa ainda mais colorida – a até mesmo atrativa, podendo ser um incentivo para as crianças comerem legumes e frutas. Por isso, aposte na alimentação fria!

Recomendadas
Pela Web