5 alimentos que ajudam a evitar o inchaço

Confira 5 alimentos que ajudam a evitar o inchaço!

Umas das causas mais comuns para o inchaço de pés, mãos, pernas, tornozelos e mamas é a retenção de líquidos, provocada por um grande acúmulo de água no organismo. Está com a barriga distendida? Isso também pode ser causado pelos gases ou pela prisão de ventre, que deixa qualquer um de mau humor. O que você come pode te ajudar ou prejudicar nessa questão e, por isso, hoje o TudoGostoso vai te mostrar alguns alimentos que ajudam a evitar o inchaço. Confira a seguir:

5 alimentos que ajudam a evitar o inchaço

Pedaços de melancia

Pedaços de melancia

Melancia

Além de ser muito refrescante e docinha, a melancia é diurética, ou seja, promove a produção de urina e, consequentemente, ajuda a diminuir o inchaço. Ela também é rica em antioxidantes que ajudam a reduzir a pressão alta e tem cerca de 30 calorias a cada 100 g.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)
Sementes de cominho

Sementes de cominho

Semente de cominho

O cominho é um tempero muito utilizado em pratos com carnes, ovos, legumes e batatas. As sementes de cominho ajudam a eliminar o inchaço da barriga, pois essa erva melhora a função intestinal e também é diurética.

Aveia em flocos

Aveia em flocos

Aveia

Está se sentindo mal, com aquela barriga inchada desagradável? Inclua a aveia no seu dia a dia! Elas têm fibras que ajudam na digestão e também no funcionamento do seu intestino. Lembre-se de que o consumo de fibras tem que estar acompanhando da ingestão de água durante o dia, ok? Consuma a aveia com frutas, no iogurte e onde mais desejar.

Chá de cavalinha ao lado da planta

Chá de cavalinha ao lado da planta

Chá de cavalinha

A cavalinha é uma planta medicinal que tem propriedades diurética e anti-inflamatória. O chá da erva ajuda a desinchar e é termogênico, ou seja, potencializa a queima de calorias. Mas, se você tem pressão baixa ou está grávida, melhor não consumi-lo.

Pepino fatiado

Pepino fatiado

Pepino

O pepino é um ótimo diurético: é rico em água e também em minerais que ajudam no funcionamentos dos rins. Ele tem poucas calorias, cerca de 20 a cada 100 gramas, e pode ser consumido cru, em saladas, e até nos sucos verdes, misturado a outros ingredientes.

Recomendadas
Pela Web