Sugestão de cardápio semanal para quem mora sozinho

Se alimentar bem é um grande desafio para quem saiu da casa dos pais e passou a morar sozinho, mas com algumas dicas essa tarefa pode ficar mais fácil e deliciosa.

Cozinhar não precisa ser uma tarefa árdua para quem mora sozinho, siga nossas dicas e sugestões e faça ótimos pratos.

Quem mora sozinho há pouco tempo pode enfrentar uma série de desafios. É preciso se adaptar a uma nova realidade, a uma nova casa, desenvolver uma rotina completamente diferente, em que é necessário separar um tempo para atividades que antes não passavam pela sua lista de afazeres.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma das principais questões com a qual os marinheiros de primeira viagem se deparam é como se alimentar de forma saudável sem perder muito tempo na cozinha. Pensando nisso, elaboramos uma sugestão de cardápio para 1 pessoa durante 1 semana. As receitas que separamos são todas simples, com nível de dificuldade fácil ou médio. Também priorizamos os pratos rápidos e aqueles que podem ser adaptados e reaproveitados em outros dias da semana.

Além disso, damos também algumas dicas para que você possa aproveitar melhor os alimentos e facilite sua vida na cozinha.

Se você é do tipo que não gosta ou tem preguiça de cozinhar, é preciso ter em mente que preparar sua própria comida oferece vantagens como escolher e saber a procedência do que come, garantir que a comida seja feita com ingredientes de qualidade e evitar gorduras e açúcar, que existem aos montes em comidas de restaurantes e fast-foods. Outra questão importante é a higiene, já que quem controla isso na sua casa é você mesmo. A economia é outra motivação para quem está pensando em cozinhar em casa e abandonar os gastos diários com restaurantes.

Mas vamos parar de blá blá blá e seguir para o que importa!

Dica 1: Ao cozinhar alimentos como arroz e feijão, faça-os em grande quantidade. Se cozinhar 1 e ½ xícara de arroz, por exemplo, você não precisará se preocupar com esse preparo pelos cinco dias úteis da semana e ainda poderá se deliciar com bolinhos de arroz no fim de semana!

Dica 2: Para não enjoar do arroz, escolha dois dias da semana e faça, em um deles, macarrão e, no outro, substitua o grão por algum outro carboidrato, como batata ou batata-doce.

Dica 3: Opte sempre por fazer pratos bem coloridos. Escolha pelo menos quatro cores para ter em suas refeições. Exemplo: arroz (branco), feijão (marrom), couve refogada (verde) e carne moída (“vermelho”). Não repita cores no mesmo prato. Caso cozinhe cenoura para um dia, não existe necessidade de também levar abóbora.

Dica 4: Mude suas refeições básicas com criatividade. Se ralar cenoura e misturá-la ao arroz de ontem, você dá a ele uma nova cara e deixa de lado a impressão de estar comendo a mesma coisa há dias.

Dica 5: Colocar linguiça ou outra carne no feijão é uma delícia. Mas experimente também colocar legumes como abóbora e cenoura, e verduras, como espinafre.

Dica 6: Procure armazenar a comida para os dias da semana em potes de vidro. Eles não guardam cheiro e sabor, o que evita que a comida de um dia pegue gosto de outra.

Dica 7: Lave suas verduras em água corrente e higienize-as deixando-as de molho em água e vinagre, sendo uma parte de vinagre para dez de água.

Cardápio (os pratos mais elaborados contam com dicas e passo a passo, basta clicar neles):

Segunda-feira: Arroz, bife acebolado , legumes cozidos e salada de alface e tomate.

Terça-feira: Arroz, picadinho de carne , farofa de ovos e salada de agrião.

Quarta-feira: Purê de batata-baroa , filé de frango grelhado, legumes sauté e couve refogada.

Quinta-feira: Macarrão com molho branco , frango com molho oriental e salada de alface e tomate.

Sexta-feira: Arroz com cenoura, omelete de queijo , legumes cozidos e salada de agrião com rúcula. 

P.S.: O feijão é livre, leve sempre um potinho com essa delícia para servir de acompanhamento. Ele cai bem com todos os pratos que sugerimos.

Recomendadas
Pela Web