Você sabe escolher iogurte no mercado? Entenda como identificar se é saudável

Chega de ficar perdido na hora de escolher um iogurte na geladeira do supermercado. TudoGostoso trouxe dicas importantes para você aprender a identificar as opções mais saudáveis e nutritivas. Entenda!

A geladeira de iogurtes do supermercado é um verdadeiro mar de opções. São muitos sabores, tamanhos e tipos disponíveis e pode bater a dúvida de qual deles escolher. Se o seu objetivo é privilegiar os iogurtes mais saudáveis, é importante ficar atento. Algumas informações são cruciais para ter clareza sobre a composição do produto e, assim, ter a chance de fazer uma escolha mais consciente.

Se você ainda escolhe iogurte pela embalagem, precisa ler as informações abaixo. TudoGostoso explica quais critérios levar em consideração na hora de escolher um iogurte no mercado mais interessante do ponto de vista nutricional. Continue com a gente!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Aprenda a escolher o melhor iogurte no supermercado com as dicas do TudoGostoso

Quais são os principais tipos de iogurte do mercado?

Antes de entender como escolher o iogurte mais saudável, é importante conhecer as principais opções do mercado. Será que é tudo a mesma coisa? Quais as diferenças? Embora tudo seja iogurte, eles podem ter valores nutricionais muito diferentes!

Um dos mais populares são os saborizados, aqueles de morango ou outras frutas, que podem ser voltados para o público infantil ou não. É importante que saiba que, na maioria dos casos, esse tipo contém frutas, mas também grandes quantidades de açúcar.

O iogurte grego ficou muito popular nos últimos tempos e seu principal diferencial é a textura mais firme. Para isso, costuma ser acrescido de creme de leite ou gelatina. Há também o iogurte natural, com composição mais simples, sem aditivos químicos. Leva apenas leite e fermento lácteo.

O iogurte desnatado é a versão com pouca ou nenhuma gordura. Tem ainda o zero açúcar, o sem lactose, o iogurte de kefir, que é rico em probióticos que fazem bem para a flora intestinal e ainda os iogurtes proteicos, ideais para quem precisa aumentar o consumo desse nutriente, como atletas.

Qual é o iogurte mais saudável?

Independentemente de qual seja o tipo de iogurte que você esteja pensando em comprar, é importante ficar atento aos seguintes pontos:

Bata iogurte natural com morango para uma opção mais saudável

Tenha o hábito de olhar o rótulo do iogurte

Para escolher um produto mais saudável, é fundamental ler o rótulo, principalmente a parte da lista de ingredientes. Via de regra, quanto menos ingredientes o iogurte tiver, mais saudável ele é. Há iogurtes com apenas dois ingredientes e eles são ótimas opções do ponto de vista nutricional.

Enquanto isso, há outras opções com dezenas de ingredientes, incluindo nomes estranhos, que são até difíceis de pronunciar. Nesse caso, desconfie, esses nomes difíceis quase sempre são aditivos químicos que devemos evitar no dia a dia.

Outra informação importante é que a lista de ingredientes de um produto industrializado vem por ordem de quantidade, ou seja, o primeiro item da lista é o que está em maior quantidade na receita e, o último, em menor quantidade.

Normalmente, no iogurte o primeiro item da lista é o leite, que é o esperado para esse tipo de alimento. Mas se em seguida vier o açúcar, por exemplo, significa que esse é o segundo ingrediente em maior quantidade no produto — e é um sinal de alerta.

Verifique se há presença de aditivos

Aditivos químicos são todas as substâncias não naturais utilizadas nos produtos ultraprocessados para melhorar seu sabor, textura, cor, cheiro, durabilidade e outros aspectos. Como você deve imaginar, eles são prejudiciais à saúde de várias formas. Afeta, por exemplo, nosso metabolismo, aumenta o risco de câncer, pode causar alergia e atrapalha a perda de peso, entre outros prejuízos.

No iogurte, os principais aditivos são corantes, adoçantes, espessantes e aromatizantes. Quando identificar esses nomes na embalagem do seu iogurte favorito, repense o seu consumo.

Cheque a quantidade de açúcares e adoçantes artificiais

Outro ponto que merece atenção na hora de escolher iogurte no mercado é a quantidade de açúcar. Quando for ler a lista de ingredientes, fique atento aos nomes. O açúcar pode aparecer de diversas formas diferentes, como xarope de açúcar, frutose, adoçantes artificiais, entre outros. Às vezes, nomes como esses  aparecem até mais de uma vez em um único produto.

Algumas opções são mais saudáveis do que outras para trazer doçura, como o mel e os adoçantes naturais tipo a stevia. No entanto, os produtos adoçados dessa forma costumam ter um custo bem mais alto. Uma alternativa mais econômica é fazer o próprio iogurte caseiro, conforme mostraremos mais adiante.

Dê preferência para o iogurte natural

De todas as opções que citamos até agora, é importante esclarecer que o iogurte natural é uma das melhores opções levando em conta o valor nutricional. Esse tipo costuma ter apenas dois ingredientes: leite e fermento lácteo, o mínimo necessário para se fazer um iogurte.

O fermento lácteo é responsável pela fermentação do iogurte e, além disso, ainda auxilia no funcionamento da flora intestinal. Seu sabor pode não ser tão atrativo quanto outras opções do mercado. E, nesse caso, é válido acrescentar frutas frescas ou polpas e adoçar com um pouco de mel.

Como fazer iogurte caseiro?

Incremente o iogurte natural com frutas e granola

Quando o assunto é iogurte, já é até possível encontrar opções interessantes e saborizadas no mercado, mas normalmente costumam ter um preço bem maior do que os demais. Então como comer um iogurte saudável, natural e sem gastar muito? A dica, claro, é fazer a sua própria receita. Preparar iogurte caseiro é muito mais fácil do que você imagina.

A receita consiste, basicamente, em multiplicar a fermentação de um iogurte natural alimentando as bactérias com mais leite. Para fazer, é necessário ferver um litro de leite e acrescentar um potinho de iogurte natural industrializado. Deixe descansar por 12 horas para que as bactérias benéficas façam a fermentação e pronto, agora você tem um montão de iogurte natural caseiro! Não é fácil? Veja todos os detalhes da receita de iogurte natural.

Se quiser, você pode sempre reservar uma porção desse iogurte para fazer uma nova receita, é quase como ter iogurte infinito! Para servir, pode comer ele puro mesmo, com aquele sabor mais azedinho, mas também dá para incrementar com frutas picadas, mel, granola caseira, caldas de frutas etc. Fica delicioso!

E se você é fã de iogurte grego, saiba que também dá para fazer em casa. O modo de preparo é bem parecido com o natural, a diferença maior é que ainda leva leite em pó para dar uma consistência mais firme. Veja como fazer iogurte grego caseiro.

Veja mais:

Truque para o mel não grudar na colher te ajuda a acertar a dose nas receitas

Inove com receitas de grão-de-bico: aprenda a fazer empadão, almôndega e até cookie

Tortinha de limão fit na air fryer é saudável e fica pronta em até 15 minutos

Recomendadas
Pela Web