Pratos e alimentos com nomes diferentes pelo Brasil afora

Mandioca ou aipim? Salsicha ou vina? Abóbora ou jerimum? Vem ver o nome diferente de alguns pratos e receitas pelo Brasil!

Tangerina ou bergamota ou mimosa: assim como a fruta, há diversos pratos e ingredientes com nomes diferentes pelo Brasil!

Um país de dimensões continentais e uma culinária riquíssima como o Brasil só poderia ter uma infinidade de nomes diferentes para um único ingrediente ou prato. Listamos alguns dos nomes mais curiosos de alimentos e receitas para você ter apenas uma ideia de como o nosso país é plural!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Alimentos com nomes diferentes pelo Brasil:

Tangerina – Em algumas regiões do Brasil, como no sul, a tangerina é chamada de “bergamota”. Já no nordeste, é “laranja-cravo” ou “mimosa”.

Salsicha – No Paraná, salsicha é “Vina”. O nome deriva de “wiener” (cuja pronúncia em alemão é bem semelhante a “vina”) que é um tipo de salsicha.

Mandioca – No Rio de Janeiro, mandioca é mais conhecida como “aipim”, enquanto no nordeste é “macaxeira”.

Abóbora – Também conhecida como “jerimum” no nordeste, a abóbora, quando acompanhada da carne seca, dá origem ao delicioso “jabá com jerimum”. Deu água na boca!

Batata baroa – Também conhecida como “mandioquinha” no nordeste ou “batata salsa” no sul e centro-oeste do Brasil, a batata baroa é também conhecida amplamente como “cenoura amarela”.

Receitas com nomes diferentes pelo Brasil:

Cueca virada – Trazida pelos italianos, a cueca virada é um tipo de bolinho frito feito de farinha. Vale a pena experimentar e perder o preconceito com o nome, porque o lanchinho é delicioso!

Orelha de padre – Também conhecido como “orelha de pau” , a orelha de padre é bem semelhante a uma panqueca.

Beijinho – Em algumas regiões do Brasil, o docinho que tanto faz sucesso nas festinhas infantis também é chamado de “branquinho”.

Chico balanceado – No sul do Brasil, este doce faz sucesso e também é conhecido como “Manezinho Araújo”. À base de banana e merengue, ele deveria ser mais famoso no restante do Brasil, pois o sabor dele é incrível.

Bicho-de-pé – Também conhecido como “brigadeiro rosa”, o doce, feito de morango, ficava cheio de pontinhos pretos, por causa da semente da fruta – daí o nome nada lisonjeiro de “bicho-de-pé” . Como a preparação atual conta com misturas saborizadas ou gelatina em pó, os pontinho sumiram e deram lugar a uma mistura homogênea rosa e açúcar para finalizar.

Recomendadas
Pela Web