Culinária nordestina: os principais temperos típicos no nordeste

Você é amante da culinária nordestina? Vem com o TudoGostoso descobrir os temperos característicos dessa cozinha tão marcante e original.

O nordeste do Brasil, formado pelos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Sergipe, Pernambuco e Rio Grande do Norte, é uma região muito rica seja nas suas lindas paisagens, na sua cultura plural e, é claro, na sua comida. A culinária nordestina é uma verdadeira explosão de sabores e mistura o refinado e o rústico em pratos que são admirados no mundo inteiro.

Uma característica bem particular das comidas nordestinas são os temperos. Eles têm sabores marcantes e compõem a identidade culinária da região. E hoje o TudoGostoso vai contar um pouquinho mais sobre os tão saborosos temperos do nordeste. Acompanhe aqui.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

 

Os temperos marcantes da culinária nordestina

Os temperos do nordeste vieram de várias influências dos povos nativos, dos escravizados e dos imigrantes que povoaram o Brasil. Predominantemente temos a cozinha africana e indígena, com características fortes e intensas. Também é possível encontrar muito da cultura europeia e dos povos colonizados, principalmente por Portugal.

O sabor deles você provavelmente já sentiu. Então vamos ver as principais especiarias nordestinas e um pouquinho da sua história.

Coentro

Talvez o mais famoso deles, levanta polêmicas quando é utilizado. Apesar de até hoje não se saber exatamente da sua origem, ele é muito usado nas culinárias árabe e indiana, foi trazido para o Brasil pelos portugueses. Tem um gosto acentuado e levemente cítrico. Fica perfeito em moquecas e pratos com frutos do mar.

Urucum ou colorau

Originário dos nativos brasileiros, que usavam o pó vermelho não apenas como tempero, mas também para suas cerâmicas e pinturas corporais. O sabor é bem leve, mas o visual deixado nos pratos é lindo e bastante chamativo. Não tem restrição, pode ser usado em qualquer prato em que se queira adicionar cor.

Dendê

Acredita-se que tenha chegado em Pernambuco vindo da África, junto com povos escravizados. É conhecido pelo gosto forte e picante, também pela coloração levemente avermelhada. É mais utilizado na culinária baiana e nos famosos pratos acarajé e vatapá, mas também encontra-se em moquecas, peixes e até no feijão.

Culinária nordestina: os principais temperos típicos no nordeste

Acarajé: famoso prato feito com dendê

Cominho

Ligeiramente picante e com sabor supermarcante, também chegou através da colonização europeia. É originário do Egito e por aqui é muito utilizado em carnes vermelhas, sopas e cremes. Não costuma adicionar cor nos alimentos, se utilizado moderadamente.

Pimenta do reino

Outro tempero muito característico do nordeste, acredita-se que tenha vindo através da influência de mercadores indianos que vendiam suas mercadorias para portugueses. Não falta na cozinha dos brasileiros e é possível usar para diversos pratos, como peixes, frangos e caldos.

A culinária nordestina é ou não uma delícia? São temperos muito saborosos e, em sua maioria, bem fáceis de encontrar. Você pode usar em pratos típicos do nordeste sempre que quiser.

 

Recomendadas
Pela Web