Dicionário culinário: desvende as palavras difíceis utilizadas na cozinha

Mise en place, chutney, al dente e fuet são algumas palavras do dicionário culinário, com termos utilizados na cozinha. Nunca ouviu falar? Leia e aprenda

Quem disse que vida de cozinheiro é fácil? Trabalhar por muitas horas em pé, quase sempre em lugares quentes, fazendo comidas que, muitas vezes, só experimentam um pouquinho…e ainda ter que aprender nomes estrangeiros para vários termos usados na gastronomia. E isso vale para quem é amador e só visita a cozinha de vez em quando também. Pra ajudar a desvendar algumas palavras misteriosas, criamos uma espécie de dicionário culinário reunindo todos esses termos e aqui vamos te explicar direitinho o que cada um significa.

Pedaços de salmão cru e temperos como limão, pimenta, cebola que compõem o mise en place, palavra do dicionário culinário

No dicionário culinário, mise en place significa separar os ingredientes antes de fazer a receita

Dicionário culinário tem palavras em francês, inglês, italiano e também em português

O Brasil recebeu muitos imigrantes estrangeiros que vinham para cá fugindo das guerras e a culinária acabou sofrendo influência dessas culturas trazidas de fora. Temos na nossa cozinha bastante da portuguesa e também da francesa, italiana e inglesa, entre outras. Mise en place, consommé, crouton, fouet e sauté são algumas das palavras herdadas do francês.  Já al dente e ragú vêm do italiano. O gazpacho, do espanhol. E o chutney que vem da cozinha indiana? É uma verdadeira torre de babel culinária! Mas com o tempo e a prática na cozinha esses termos vão entrando naturalmente na cabeça. E, em caso de alguma dúvida, é só consultar o nosso dicionário culinário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira alguns termos utilizados na cozinha que você precisa aprender:

Al dente: expressão italiana usada para medir o grau de cocção das massas e hortaliças indicando que estão no ponto certo.

Béchamel: vem do francês e é um molho feito com farinha de trigo, manteiga e leite.

Charcutaria: é como são chamados os produtos como salsicha, salame, presunto cru, copa e outros quando defumados.

Chutney: é um condimento agridoce, feito com frutas e legumes, originário na Índia.

Consumê/Consommé: especialidade da cozinha francesa, é um caldo baseado num concentrado de carnes ou peixes.

Crouton: são pequenos pedaços de pão, fritos ou assados com óleo, azeite ou manteiga.  Acompanham sopas ou saladas.

Fouet: batedor de arame (ou de silicone/plástico) usado para bater as claras em neve ou chantilly, por exemplo.

Gazpacho: sopa fria com hortaliças, tomate, pepino e pimentão, muito popular no sul de Portugal e da Espanha.

Mise en place: o termo francês significa “pôr em ordem”. Na gastronomia, é separar todos os ingredientes, nas quantidades certas, para preparar os pratos.

Parfait: sobremesa congelada feita com sorvete, frutas e creme de leite.

Ragú: o mesmo que molho à bolonhesa, feito com carne moída.

Réchaud: fogareiro para manter os alimentos quentes na mesa ou para preparar fondues.

Sauté: também do francês e indica que um alimento foi tostado na frigideira, em fogo alto, com óleo ou manteiga.

Sudarê: esteira de bambu para enrolar sushi.

Terrine: forma retangular ou redonda usada para assar carnes, queijos ou doces e também para fazer patês.

Se inspirou? Então aprenda a fazer um macarrão parisiense al dente:

Recomendadas
Pela Web