Como fazer o peixe perfeito: confira as dicas

Para garantir um prato delicioso de forma prática: confira dicas de como fazer o peixe perfeito e nunca mais erre em seu preparo

Peixes permitem diversos tipos de preparações diferentes. Por ser leve, é a melhor pedida para dias quentes, ainda mais se acompanhados de saladas e bebidas refrescantes. Apesar de serem práticos de preparar, existem algumas recomendações que garantem o sucesso da receita e um prato maravilhoso. Por isso, o TudoGostoso selecionou dicas para você aprender como fazer o peixe perfeito. Confira:

dicas para fazer peixe

Confira as dicas do TudoGostoso para não errar na hora de fazer um peixe

Confira as dicas do TudoGostoso de como fazer um peixe perfeito

Atenção na hora da comprar

Para fazer um bom peixe, é preciso se certificar de que o produto que está comprando está fresco. Para isso, esteja atento ao olhos: eles devem estar salientes, brilhantes e sem coloração acinzentada. Caso perceba que os olhos do peixe estão opacos, não compre, pois ele provavelmente não está fresco.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Limpeza é fundamental

Um dos pontos principais do peixe é a limpeza: ele precisa estar limpo e higienizado corretamente. Por isso, na hora de comprar, dê preferência para peixes já higienizados ou peça ao peixeiro para limpá-lo para você. Caso o peixe não esteja limpo corretamente, ele pode conter escamas e estragar o seu prato. Lavar o peixe, mesmo que seja filé, também é importante: lave-o em água corrente.

Pele é uma aliada do cozimento

É muito comum que postas de peixes venham com pele, o que nem sempre agrada a todas as pessoas. Entretanto, a pele pode ser grande aliada do cozimento do peixe, principalmente quando feito grelhado. Isso se deve à camada de gordura natural do peixe que auxilia o cozimento sem deixar a carne ressecada, o que deixa o peixe supersuculento. Por isso, na hora de grelhar seu peixe em posta, não tire a pele e deixe-a em contato com a frigideira ou grelha.

O tempero faz toda diferença

Peixes e frutos do mar, no geral, possuem um sabor muito próprio e característico. Portanto, investir em um bom tempero é fundamental: ele precisa se sobressair, mas não “roubar” o gosto natural do peixe. Uma ótima dica de tempero prático e delicioso é levar ao fogo uma panela com sal, pimenta, suco de limão, ervas frescas como tomilho, alecrim e louro; deixe cozinhar até que o sal se dissolva completamente, em seguida desligue o fogo. Espero esfriar, transfira a mistura para um recipiente, acrescente cubos de gelo e o seu peixe, e leve a mistura à geladeira por uma hora. Essa mistura garante que o peixe, por si só, fique supersaboroso e também permite que você acrescente, na hora de prepará-lo, outros temperos do seu gosto.

O ponto do peixe

O ponto do peixe é fundamental: garante que ele fique macio e suculento, evitando que fique ressecado ou cru. Por isso, esteja atento à temperatura do fogo: o ideal é esquentar bem a panela previamente, colocar o peixe e, então, abaixar o fogo. Isso faz com que você seja capaz de controlar o cozimento sem passar nem queimar. Se for fazer um peixe assado no forno, nunca esqueça do papel alumínio e esteja atento ao tempo, uma vez que o peixe assa rápido (cerca de 10 minutos para cada cm de espessura).

Peixe frito sem mistério

Na hora de fritar o peixe , é preciso estar atento à quantidade de água que ele solta. Por isso, é fundamental temperá-lo com antecedência. Depois, tente escorrer o máximo de água que conseguir e, então, use um papel-toalha e seque pedaço por pedaço com cuidado para que não desmanche. Assim que garantir que ele está bem sequinho, pode empaná-lo como desejar. Uma dica para deixá-lo ainda mais saboroso é temperar a farinha com um pouco de sal, pimenta e, se quiser, raspas de limão: seu peixe frito vai ficar ainda mais saboroso!

Não mexa muito

A carne do peixe é muito delicada e se desfaz com mais facilidade que as outras. Por isso, não importa como está fazendo seu peixe, evite mexer demais nele. Deixe-o cozinhar sozinho, sempre atento ao ponto, mas é fundamental não mexer muito e sempre usar uma espátula larga. Interferir demais fará com que a carne quebre e o peixe perca sua estrutura.

Recomendadas
Pela Web