Como conservar temperos da forma correta: acabe com o desperdício

Quer evitar o desperdício na sua cozinha? Venha com o TudoGostoso e aprenda como conservar temperos e especiarias da forma correta

Como fazer um prato saboroso sem o ingrediente que dá aquele sabor? O tempero é toque especial que faz toda diferença na hora de cozinhar. Mas muitas vezes ele acaba esquecido em potes ou sacos, perdendo seu sabor e estragando muito antes do tempo. Assim como qualquer alimento tem sua forma de conservação, as especiarias têm cada uma sua vida útil e precisam ser armazenadas corretamente. Vamos mostrar para você como conservar temperos da maneira correta e evitar de vez o desperdício.

Como conservar temperos de acordo com as suas características

Como conservar temperos da forma correta: evite o desperdício

Aprenda a conservar os mais variados tipos de tempero e evite o desperdício na cozinha!

O calor, a umidade e a luz quebram os compostos químicos que dão sabor e aroma às especiarias. Alguns temperos podem mofar, empedrar ou perder sua potência, sendo preciso jogar fora muito antes do final do seu prazo de validade.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Veja abaixo como manter a vida útil dos seus temperos de acordo com as características de cada um:

Ervas e temperos frescos

São os naturais, que não sofreram nenhuma modificação, como salsinha, manjericão e coentro. Para conservar temperos verdes e frescos, muita gente costuma usar a geladeira para armazenar. É um ótimo método, mas o freezer pode ajudar a aumentar ainda mais a durabilidade desse tipo de ingrediente. Experimente higienizar, separar em pequenas porções e congelar. Você pode usar forminhas de gelo e retirar a porção necessária sempre que quiser usar.

Temperos em pó ou secos

Esse tipo de especiaria passou por um processo de desidratação. Exemplos de temperos secos muito encontrados são as pápricas, cominho, e o açafrão. Para eles, nada de geladeira! O armazenamento é bem fácil, basta guardar em recipientes de vidro, longe da umidade e do calor excessivo. Uma ótima dica é reaproveitar embalagens como as de requeijão para guardar seus temperos.

Sal

Todo mundo tem em casa. Para conservar o sabor e manter o sal bem sequinho, o truque é despejar em uma bandeja ou tabuleiro, levar ao forno até torrar levemente e guardar em um recipiente seco e bem fechado. Mantenha sempre longe da umidade.

Pimentas

Um outro ingrediente que dá toda uma identidade ao prato. A pimenta, seja ela em molho ou em conserva, precisa estar em recipientes bem fechados, que não a deixem em contato com micro-organismos do ambiente. Já as pimentas frescas, devem estar longe do calor, luz e umidade excessivos. Para todos os casos, armazene em locais arejados.

Quanto tempo dura em média temperos e especiarias?

O tempo de validade pode variar de acordo com o ingrediente, mas existe um tempo médio para a durabilidade de acordo com a sua característica, desde que bem conservados. Confira:

As ervas secas e as especiarias em pó costumam durar aproximadamente 1 ano.

Os temperos inteiros, como canela em pau, duram em torno de 3 anos.

Os sais vão durar indefinidamente

Agora é só se jogar no uso de temperos e especiarias para fazer pratos deliciosos! Dá uma olhadinha nas nossas receitas para escolher a sua!

Recomendadas
Pela Web