Molho de tomate caseiro: veja o passo a passo para a receita ficar vermelhinha e saborosa

Um molho de tomate caseiro é capaz de elevar qualquer receita ao próximo nível! Duvida? Aprenda a preparar em casa e tire suas próprias conclusões!

A sua família tem o hábito de usar molho de tomate caseiro ou industrializado? O já vendido pronto no mercado é realmente muito mais prático, mas não tem como negar que o sabor do caseiro é inconfundível. Com ingredientes de qualidade e a técnica certa, um simples molho de tomate caseiro é capaz de transformar um macarrãozinho básico em uma macarronada de respeito.

Se você está buscando um molho saboroso, vermelhinho, encorpado e docinho na medida certa, fique com a gente! Vamos explicar todo o passo a passo para o molho de tomate caseiro perfeito. Você nunca mais vai querer usar o industrializado, viu?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Molho de tomate caseiro é mais saudável e tem muito mais sabor

Selecione tomates maduros

Sabia que a qualidade dos ingredientes é um fator determinante para o sucesso do seu molho de tomate caseiro? É muito importante escolher insumos frescos e bonitos para ter um molho saboroso, principalmente o tomate, que é o carro-chefe da receita.

Existem alguns tipos de tomate mais recomendados para esse preparo. O tomate italiano é um deles porque, graças ao seu formato alongado, tem menos sementes e é mais carnudo — combinação bem interessante para um molho de tomate.

Outro tipo muito usado é o tomate Débora, que também costumam ser carnudo e maduro. O mais importante na hora de escolher o tomate ideal é optar por um que esteja bem saudável, maduro, vermelho e firme. Não pode estar perto de estragar. Para não ficarem dúvidas, parta-os ao meio e verifique se tem pouca água e bastante polpa: esse é o ponto certo.

Outra dica bacana que pode otimizar o tempo de preparo da receita é utilizar tomates pelados vendidos no supermercado. Por mais que sejam industrializados, eles têm uma qualidade superior, são mais saudáveis, e podem dar muito sabor à receita.

Escolha os temperos ideais

Depois de escolher os tomates, você precisa selecionar os temperos que mais combinam com o molho. Os condimentos sempre variam conforme o gosto pessoal de cada um, mas quando o assunto é molho de tomate, alguns ingredientes são clássicos, como cebola e alho.

Outros temperos que combinam muito bem e darão um toque gourmet à receita é o manjericão, azeite e sal. Acredite, você não precisa inventar muito para ter um belíssimo molho de tomate.

Tenha cuidado com a acidez

É natural que os tomates tenham certa acidez e é importante tentar equilibrar para que o molho não fique desagradável. O primeiro passo é escolher tomates bem maduros e carnudos. Em seguida, será necessário checar qual sabor eles deram ao molho.

Normalmente as pessoas têm o hábito de usar açúcar para quebrar a acidez, mas no caso do molho de tomate é mais interessante usar uma cenoura. Ela cortará a acidez da maneira certa, equilibrada. Para isso, basta cozinhar junto com os tomates. Quando tudo estiver cozido, ela ficará incorporada ao molho e nem dará para notar.

Não tenha pressa

Para ter um bom molho de tomate caseiro, selecione tomates maduros e firmes

Um dos segredos mais importantes para ter um molho de tomate caseiro encorpado, vermelho e delicioso é não ter pressa. É que a cocção lenta mantém todos os sabores apurados, além da textura pedaçuda, o que é um grande diferencial para o molho.

Quem está com pressa, costuma apenas bater todos os ingredientes no liquidificador e cozinhar. Assim também fica gostoso, mas para dar camadas a mais de sabor para o seu prato, recomendamos que você comece refogando o alho e a cebola e depois cozinhe os tomates em fogo baixo. Conforme ele for cozinhando, você pode ir desmanchando-o com a ajuda de um garfo. Se preferir um molho mais lisinho, use um mixer. Veja a receita completa de molho de tomate caseiro.

Se necessário, congele o molho de tomate caseiro

Fez receita de molho de tomate demais? Que tal congelar? Na verdade, essa é uma ótima maneira de otimizar o tempo e ter molho fresco a semana toda. Se porcionar direitinho, dá até para eliminar o molho de tomate industrializado do dia a dia, hein?

Na geladeira e em pote bem vedado, o molho dura até dez dias na geladeira. Já no freezer, a duração é bem maior: seis meses. Antes de usar, deixe descongelar dentro da geladeira aos poucos. Lembre-se que por ser caseiro, o molho de tomate não tem conservantes e é mais sensível, então tenha cuidado!

Veja mais: 

Temperos: um guia completo sobre ervas e especiarias para cozinhar e nunca mais errar

Como saber se o gás está acabando: aprenda a hora certa de trocar o botijão

Você nunca mais vai sofrer com porta-tempero entupido depois dessa dica!

Recomendadas
Pela Web