Pasta americana: dicas de uso para seu bolo ser um sucesso

A pasta americana dá um efeito lindo a bolos e cupcakes, e com as dicas do TudoGostoso, seu manuseio ficará mais fácil!

Como manipular a pasta americana

Faça bolos lindos e deliciosos com pasta americana!

Uma das primeiras coisas que vêm à nossa cabeça quando o assunto é confeitaria é a pasta americana. Ela é bastante famosa por deixar bolos ainda mais lindos e possibilitar que o confeiteiro faça verdadeiras obras de arte com o astro principal de aniversários, casamentos, chás de bebê e uma série de datas comemorativas — afinal, quem não gosta de um bolo bem gostoso, né?

No entanto, a pasta americana, se não for manipulada da forma correta, pode se tornar a vilã da sua festa. Mas para evitar desastres, o TudoGostoso separou algumas dicas que podem fazer toda a diferença na hora de embelezar o seu bolo. Confira!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Comprar pasta americana pronta ou fazer a sua?

As duas opções têm vantagens e desvantagens. Fazer a sua pasta americana em casa te dá controle sobre o sabor, pois você é quem escolhe a qualidade dos ingredientes e suas quantidades. Além disso, a pasta americana deve ser trabalhada em lugares com umidade controlada e, fazendo a sua, você tem a possibilidade de colocar mais ou menos glicerina, dependendo do ambiente da cozinha e da festa em que o bolo será servido. Porém uma grande desvantagem da pasta americana caseira é seu tingimento. Algumas cores, como vermelho e preto, podem ser verdadeiramente difíceis de se atingir manualmente.

Proteja a pasta americana da luz

A pasta americana tem uma tendência a desbotar quando exposta à luz. E tá achando que estamos falando apenas do sol? Não! Mesmo com a luz elétrica as pastas coloridas acabam perdendo cor. A rosa e o lilás são as que mais perdem a cor, mas por via das dúvidas, cubra a pasta com um pano ou papel antes e depois de cobrir o bolo — no caso dos bolos prontos, guarde-os em caixas ou ambientes escuros.

A pasta americana e a geladeira

Muitos acham que essas duas não combinam, mas é um engano. Em alguns casos, pode ser realmente necessário que a pasta vá para a geladeira (ou até mesmo o bolo já confeitado). Relaxe, isso não é um problema. O máximo que pode acontecer é o bolo ficar com um aspecto de suado quando degelar e voltar à temperatura ambiente. Mas para resolver o problema, basta retirá-lo da geladeira um pouco antes de ele ser exposto e servido para que o efeito “suado” desapareça.

Onde abrir a pasta americana

A pasta americana pode ser bem chata de se trabalhar, pois qualquer desnível na bancada ou fissura no rolo de macarrão podem deixá-la com marcas — e ela precisa estar bem lisinha para ser aplicada sobre o bolo. Por isso, uma pedra de mármore pode te ajudar bastante. Tábuas, bancadas e mesas de madeira não são muito indicadas porque apresentam mais riscos de a massa ficar grudada. Mas se você tiver apenas essas opções, estique um plástico grosso e liso sobre essas superfícies e siga em frente abrindo a pasta. Para facilitar ainda mais a sua vida, sempre polvilhe um pouquinho de amido de milho na superfície e no rolo que utilizar.

Nunca se canse de alisar a pasta americana

Para que tudo saia conforme o esperado, é necessário que a pasta americana esteja bem lisa e sem ranhuras, marcas ou fissuras. Para isso, você pode usar e abusar do rolo de massas ou comprar um alisador próprio para esse material. Um detalhe bem importante é: nunca deixe para acertar a pasta quando ela estiver sobre o bolo; isso é desastre certo!

Recomendadas
Pela Web