Papel de arroz: como utilizar em bolos

Veja como utilizar o papel de arroz para decorar bolos!

Personalize seu bolo com o papel comestível.

O papel de arroz pode garantir decorações lindas, deixando o bolo ainda mais atraente!

Que nós somos loucamente apaixonados por bolo, todo mundo já sabe! Afinal, essa maravilha de massa fofinha cai bem em qualquer momento: durante a manhã, naquele cafezinho da tarde, como sobremesa e também em ocasiões especiais, como aniversários.

Provando que o bom pode ficar ainda melhor, os bolos podem ser incrementados com mais diversos e recheios, deixando o gran finale para a cobertura. As decorações são lindas, podendo ser feitas com bicos de confeiteiro, glacê real, pasta americana e até brigadeiro.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Papel de arroz: decoração personalizada

Mas se você não tem muita habilidade na hora de fazer a decoração, não se preocupe: existe um papel comestível! Também conhecido como papel de arroz, ele é utilizado principalmente em ocasiões festivas, na qual você pode soltar a criatividade e imprimir a estampa que quiser. O papel de arroz não é só para o topo do bolo! Você pode personalizar as laterais com estampas diferentes e divertidas, deixando seu bolo ainda mais sofisticado. Uma curiosidade: o papel de arroz é feito, claro, de arroz, e também fécula de batata.

Deixe a cobertura bem lisinha para evitar deformações na hora de aplicar o papel.

Fique atento a esse passo: deixa a superfície lisinha para que o papel não fique com rugas e bolhas.

 

Como fazer a aplicação?

Para fazer a aplicação, você irá precisar do papel de arroz com a impressão de sua preferência, gel de confeiteiro (também conhecido como gel de brilho), uma espátula de plástico e um pincel macio culinário — nada de reaproveitar aquele pincel que você utiliza para outras funções sem ser culinárias, hein?!

– Primeiro, vale lembrar que estamos lidando com um papel de textura fina, delicada, e portanto, frágil. Por isso, lave suas mãos e seque-as bem!

– Hora de preparar o terreno: a cobertura deve estar com a superfície mais lisa possível, pois isso facilitará a aplicação do papel — sem que fiquem aqueles altos e baixos, formando bolhas indesejadas.

– Primeiramente, fique atento à superfície na qual você aplicará o papel: trata-se de uma superfície seca, como pasta americana, ou molhadinha, como no caso de chantili e marshmallow.

Superfície seca: nesses casos, com o pincel macio ou a espátula, passe uma fina camada de gel de brilho no local onde será aplicado o papel. Você pode optar por passar no próprio verso do papel também, mas delicadamente para evitar que rasgue ou borre. Após passar, seque as mãos e aplique-o cuidadosamente e rapidamente sobre o bolo! Caso contrário, o papel pode ficar muito amolecido, dificultando na hora de utilizá-lo.

– Superfície umedecida: nesses casos, você pode dispensar a utilização do gel, pois o próprio merengue ou chantili, por exemplo, facilitará a aderência do papel à cobertura.

– Procure ser bem precisa na hora de aplicar. Se for necessário, ajeite todos os pequenos detalhes: passe a mão seca levemente sobre os locais onde ficar enrugado — e sempre com muito cuidado para evitar que rasgue o papel ou borre. Faça movimentos do centro para as bordas para evitar deformações no papel.

– Se formarem bolhas, você pode estourá-las com o auxílio de um alfinete ou agulha.

– Assim que o papel estiver devidamente aplicado, com a superfície bem esticada e lisinha, passe mais uma camada de gel de confeiteiro com o pincel. Tudo com muito cuidado para não borrar, rasgar ou tirá-lo do lugar. O gel irá realçar as cores do papel, dando brilho e deixando seu bolo muito mais atraente!

Aplique uma fina camada de gel de brilho para garantir a aderência do papel.

Após deixar a superfície bem lisa, aplique o gel de brilho para garantir a aderência do papel ao bolo.

Recomendadas
Pela Web