Comida tropeira: aprenda sobre as comidas típicas e faça receitas maravilhosas

Você conhece a história da comida tropeira, tão típica da culinária brasileira? O TudoGostoso conta curiosidades, explica a origem e ensina receitas de comida tropeira para aderir no cardápio da semana. Confira!

O feijão tropeiro é a primeira receita que vem à mente quando falamos em comida tropeira. Um prato típico da culinária mineira e paulista, ele foi criado na época da colonização do país. Os pratos preparados nessa época pelos tropeiros ficaram conhecidos como comida tropeira e fazem parte da gastronomia brasileira. O TudoGostoso conta mais curiosidades sobre a comida tropeira com receitas maravilhosas para fazer em casa. Confira!

comida tropeira história e receitas

O feijão tropeiro é um dos principais pratos da comida tropeira

História e curiosidades da comida tropeira

Na época da colonização, o transporte de mercadoria era feito por tropas montadas a cavalo ou burros, e os tropeiros, como eram conhecidos os homens que guiavam os animais, precisavam se virar com as comidas que tinham disponíveis. Normalmente, essas comidas eram feitas com ingredientes com uma alta durabilidade, como feijão, farinha de mandioca, torresmo, carnes secas, ovos, cebola e alguns temperos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A comida tropeira é composta pela culinária de várias regiões do país, por isso alguns pratos são típicos do sudeste e outros do norte, já que os tropeiros costumavam cruzar todo o país. Essa prática se estendeu até o início do século XX! Não é a toa que tantas comidas tenham sido criadas ao longo de tantos anos. A comida tropeira é uma herança histórica brasileira e muitos de seus pratos possuem raízes na culinária indígena, como é o caso da paçoca salgada. Conheça a seguir mais delícias da culinária de tropeiros.

Receitas de comida tropeira vão além do arroz carreteiro e do feijão tropeiro

Feijão tropeiro

Apesar de ter sua origem em Minas Gerais e São Paulo, o feijão tropeiro logo conquistou o coração do restante do Brasil. Essa receita é fácil de preparar e utiliza ingredientes que quase sempre já temos em casa, como linguiça calabresa e feijão carioquinha.

Paçoca salgada de carne seca

Sim, existe paçoca salgada! Mas calma que ela não é feita com amendoim, não. A receita é típica do norte e é muito fácil de fazer, levando ingredientes como farinha de mandioca ou de milho e carne seca.

Arroz carreteiro simples

O arroz carreteiro é aquela receita que tem o sabor de comida de mãe! Uma comida aconchegante e fácil de fazer, ele pode ser adaptado para todos os gostos. A nossa receita leva carne seca e bacon, e pode confiar que fica uma delícia!

Soja tropeira

A soja tropeira é uma opção diferente e deliciosa de comida tropeira para fazer em casa. Ela pode ser acompanhada de arroz branco e couve refogada. O pulo do gato dessa receita está no tempo de cozimento da soja, porque o ideal é que ela fique bem macia.

Arroz carreteiro com sobras de churrasco

Que atire a primeira pedra quem nunca exagerou na quantidade de comida do churrasco, né? O arroz carreteiro é uma ótima forma de aproveitar as sobras do churrasco. E fica uma delícia só!

Bolinho caipira

O bolinho caipira é um ótimo petisco ou lanche para compartilhar com a família. Feito com farinha de milho e linguíça, ele garante o sabor caipira do país. A receita é fácil e rende bastante!

Pururuca

A pururuca é um petisco de origem tupi, muito encontrado no sul e sudeste do Brasil. Diferente do torresmo, a pururuca utiliza apenas a pele do porco. Tradicionalmente, a pele é desidratada e frita em óleo bem quente, rendendo um petisco crocante e saboroso.

Torresmo

O clássico dos botecos, o torresmo, assim como o feijão tropeiro, tem sua origem lá em Minas Gerais. Um queridinho de quase todo brasileiro, um bom torresmo não é tão fácil de preparar como muitos pensam. A dica está na hora de escolher o pedaço de porco: fique sempre entre a barriga ou a panceta. O primeiro permite um torresmo mais crocante em pedaços menores, já o segundo garante um torresmo mais carnudo.

comida tropeira história e receitas

Torresmo é o petisco clássico que não pode faltar nos botecos

Veja mais:

6 receitas de quentão: do tradicional ao com café, veja como fazer

Entenda por que o milho é o ingrediente favorito nas receitas de festa junina

Recomendadas
Pela Web