Aprenda a identificar se a carne está ou não estragada!

Aprenda a identificar se a carne que você compra no mercado está mesmo fresquinha e veja dicas para armazená-la sem erros!

Carne fresca e carne estragada

Truques para saber se a carne de boi, de porco e de frango está adequada para o consumo ou não.

Afinal, você tem certeza absoluta de que a carne que você escolheu no mercado está 100% fresca? E aquele corte de carne guardado na geladeira há dias, será que ele continua bom? Você não precisa ser um expert em carnes para descobrir isso! Nós do Tudo Gostoso separamos algumas dicas e truques que vão te ajudar a reconhecer se uma carne está adequada para o consumo ou se ela precisa ser descartada e como armazená-la da maneira correta!

Dá só uma olhadinha nas nossas dicas:

Carne de frango – atenção ao aroma!

Para identificar se a carne de frango está fresca, tenha atenção ao aroma da carne. O odor azedo exalado pela peça de carne de frango é um sinal de que ela não está fresca e não pode ser consumida. A carne de frango precisa receber atenção redobrada, já que o sabor não revela se ela está estragada. Na maioria das vezes, a carne de frango possui um sabor suave, o que acaba camuflando seus reais problemas. Para ter certeza de que o frango está bom, preste atenção em sua coloração: se ela apresentar manchas amarelas, esverdeadas ou se estiver com uma textura mais viscosa, não se arrisque a consumi-la. O frango pode ser conservado cru na geladeira por até 48 horas ou por até 6 meses quando congelado no freezer. Não ultrapasse esse limite de tempo, ok?

Carne bovina – atenção a coloração!

A carne de boi e a carne de porco dão sinais de que não estão mais frescas para serem consumidas através de sua coloração. A carne bovina está fresca para o consumo quando está com a cor avermelhada. Se ela apresentar uma coloração mais amarronzada, está na hora de descartá-la! O mesmo acontece com a carne de porco, que precisa estar rosada. Fuja das carnes esverdeadas e com textura viscosa!

Carne de peixe – aroma e cor!

Nos peixes, é um pouco mais difícil identificar os indícios de podridão. Em geral, eles não possuem um odor muito agradável nem quando estão frescos, certo? Mas, para identificar se o peixe está podre, tenha atenção ao odor exalado por ele, que estará muito mais forte que o normal. Antes de consumi-lo, procure também por manchas amareladas e partes do animal que estejam opacas e sem brilho. Manchas amarronzadas ou acinzentadas também são indícios de que o peixe está estragado.

Como armazenar carne em casa da maneira correta

Todas as carnes são perecíveis, ou seja, podem ser contaminadas por germes e bactérias ao longo de um certo tempo. Para armazenar sua carne em casa sem erros, dê só uma olhadinha nesse passo a passo:

Quando escolher sua carne no supermercado, compre apenas as que estão armazenadas em geladeiras ou freezers. Nenhuma carne crua deve ficar exposta a temperatura ambiente por longos períodos.

O recomendável é que a carne fique em uma temperatura média entre 0º C e 2º C.

A carne moída pode ser congelada ou armazenada na geladeira por até 3 meses. Depois desse período, descarte-a.

Bifes de carne bovina, de porco ou de frango podem ser congelados por até 6 meses.

Se você já preparou a carne, coloque a panela na geladeira e consuma essa carne em até quatro dias.

 

Recomendadas
Pela Web