Talheres comestíveis: uma alternativa para diminuir a poluição

Talheres comestíveis: conheça essa opção incrível que contribui para a diminuição do lixo no mundo.

O desperdício de lixo é uma das maiores preocupações da humanidade. Muitas ações estão sendo desenvolvidas para contornar o problema que os resíduos causam ao meio ambiente. Uma delas foi criada pelo indiano Narayana Peesapaty, que desenvolveu os talheres comestíveis. Apesar de vermos cada vez mais ações em relação ao problema do lixo sendo difundidas, poucas pessoas as adotam no dia-dia. A necessidade de ter um consumo consciente deixou de ser uma questão individual e se tornou um problema global.

Lixo plástico em depósito de lixo

Lixo plástico em depósito de lixo

Consumo consciente

Segundo o estudo feito pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), a produção de lixo deve ter um aumento de 1,3 bilhão de toneladas para 2,2 bilhões de toneladas até 2025. Se os números continuarem crescendo como as perspectivas apontam, seremos 9 bilhões de habitantes produzindo 4 bilhões de toneladas de lixo urbano diariamente até a metade do século. A necessidade do consumo consciente se torna cada vez mais essencial.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pensando em formas para contornar esse cenário desolador, o indiano Narayana Peesapaty criou uma linha de talheres comestíveis. Com aparência similar à madeira, são feitos de arroz, trigo e millet (um tipo de cereal indiano) e disponibilizados em 8 sabores diferentes, podendo harmonizar com a refeição. Os talheres descartáveis usualmente são feitos à base de plástico, que demora cerca de 450 anos para se decomporem. Os comestíveis, se forem descartados, se decompõem em apenas 10 dias. Com essa alternativa, além de complementar a refeição, o lixo produzido é mínimo e facilmente reabsorvido pela natureza.

Talheres comestíveis

Talheres comestíveis

A tecnologia necessária para a produção foi criada pelo próprio Narayana. Com o sucesso que alcançou na Índia, através de financiamento coletivo, ele conseguiu ter recursos suficientes para iniciar a sua empresa. Agora, as perspectivas são de desenvolver outros utensílios comestíveis e difundir para outros países. Eles ainda não são vendidos no Brasil, mas você pode começar a diminuir o impacto que as suas ações causam no planeta com algumas práticas fáceis, como a compostagem, o descarte correto de óleo de cozinha ou a triagem do lixo.

E você? Preocupa-se com a produção de lixo no planeta? Faz alguma coisa para diminui-la? Conte para a gente nos comentários do Facebook!

Recomendadas
Pela Web