Cozinha do Nordeste: confira 3 pratos incríveis

Confira no blog do TudoGostoso mais sobre a cozinha do Nordeste e veja 3 pratos incríveis!

Para os que amam uma boa pimenta, a secura do coentro e o sabor característico do azeite de dendê, os pratos típicos nordestinos são um prato cheio. Sorte dos que moram no Nordeste! Mas e por quê não se arriscar a fazer essas iguarias em casa? No TudoGostoso, você encontra as principais receitas dessa região do país, inclusive em versões adaptadas, seja para os paladares menos acostumados ou pela dificuldade em conseguir os ingredientes utilizados em outras regiões do país. Alguns pratos nordestinos são bem fáceis de fazer e bastante versáteis. Que tal experimentar você mesmo? Veja a seguir mais sobre a cozinha do Nordeste através de 3 pratos incríveis!

Cozinha do Nordeste sem sair de casa: 3 pratos deliciosos

Baião-de-dois

Baião-de-dois: prato à base de arroz e feijão

Baião-de-dois: prato à base de arroz e feijão

O prato típico do Ceará é muito consumido e adorado na região Nordeste e alguns lugares do Norte do país, como Acre, Amazonas, Pará e Rondônia. Preparado tradicionalmente com feijão-verde (preferencialmente) e arroz, a mistura também pode levar queijo coalho. Apesar de a maioria das versões apresentar charque (carne-seca) e até bacon, tudo refogado na manteiga de garrafa, no estado do Ceará não se adicionam essas carnes, para a alegria dos vegetarianos. Uma boa dica para quando fizer o baião-de-dois em casa é acrescentar bastante alho e cebola no refogado, cebolinha pra finalizar e servir acompanhado de um cremoso purê de cabotiá. É de comer rezando! A origem do nome “baião” vem da dança e estilo musical típicos do Nordeste. Por ser uma mistura de dois elementos típicos da culinária brasileira de fácil acesso, o arroz e o feijão, é um prato bastante conhecido na zona rural. Além de tudo, é normalmente preparado na hora do jantar, uma vez que se pode aproveitar o que sobrou do feijão do almoço. Está aí uma boa dica de aproveitamento do alimento, que não perde a cara de novo e ainda traz um novo sabor para o cardápio!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Escondidinho

Escondidinho: prato tradicional do Nordeste

Escondidinho: prato tradicional do Nordeste

Muito popular nos estados da região Nordeste brasileira, o escondidinho tradicional é feito com carne-seca, carne de sol ou frango desfiado na manteiga de garrafa, coberto com purê de mandioca e gratinado com queijo coalho. Nos outros estados do país, as adaptações são muitas e vão desde o purê, que pode ser de batata, mandioquinha, abóbora e inhame, até o recheio, podendo ser de carne moída, linguiça, bacon, camarão e até mesmo vegetariano, como o de cogumelos ou legumes em geral. Com o gratinado de queijo muçarela, prato, cheddar ou parmesão, não tem mesmo jeito de ficar ruim essa combinação!

Beiju

Beiju: feito com a massa da mandioca ralada e peneirada

Beiju: feito com a massa da mandioca ralada e peneirada

O beiju de tapioca (fécula de mandioca granulada) tem origem indígena e foi descoberto em no estado de Pernambuco. Espalhado em uma chapa (ou frigideira) quente, o beiju coagula e se transforma em um tipo de crepe ou panqueca bem sequinha. O recheio varia muito ao redor do Brasil, podendo ser doce ou salgado, porém o mais tradicional de todos é feito com coco ou queijo coalho (ou os dois, para quem assim gostar). A iguaria é bastante consumida nas regiões Norte e Nordeste. Como possuem formato semelhante, o beiju é comumente confundido com a tapioca, apesar de serem diferentes, inclusive no preparo. O beiju é feito com a massa da mandioca ralada e peneirada, levado à frigideira em fina camada e retirado depois de assumir a consistência de crepe seco. A tapioca é produzida a partir do amido ou goma de mandioca, obtido após a prensa da massa de mandioca e a decantação do líquido restante. Esse amido ou goma é lavado, seco e peneirado para ser então colocado em frigideira ou chapa quente para seu preparo. Ambos são de dar água na boca!

Recomendadas
Pela Web